Inspire, não pire!

Na fotografia, assim como na vida, temos que buscar inspirações para fazer um trabalho cada vez mais lindo e perfeito. Muitas pessoas acham que a inspiração nas fotos de bebês ou recém-nascidos vem só de observar outros fotógrafos, ir à cursos e congressos, mas não é só essa a fonte das inspirações.

                                               

 

Claro que é de suma importância observar fotógrafos mais experientes e participar e eventos dentro do seu nicho de trabalho. Mas, a inspiração vem e deve vir muito além disso. Ela vem de experiências que vivenciamos, livros que lemos, filmes que assistimos, e pessoas que conhecemos, etc.

 

                                                     

 

Tudo, tudo mesmo, pode ser transformado em inspirações para os nossos trabalhos.  O único hábito que devemos aprender e reaprender é de sempre manter a mente aberta e os olhos atentos para novas oportunidades de criar e recriar aquilo que fazemos de melhor: registrar o amor.

Por isso, vamos conversar mais, observar mais, ler mais, viajar mais… até o nosso trabalho ser uma grande inspiração para outros. O trabalho de cada um deve ser, por si só, uma grande inspiração para quem o olha.

                                                   

E não se cobre se não estiver inspirado em dado momento de sua vida, ela esta dentro de cada um de nós pelo simples fato de sermos artistas. Não pire, que sua inspiração esta a caminho sempre. É um vai e volta. Por isso, sempre devemos manter a mente aberta e trabalhar para com as nossas criações.

 

Patrícia Varandas é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela USJT e em Fotogra

fia pelo SENAC. Sua paixão pela fotografia começou aos 16 anos. Muito cedo, com apenas 18 anos

, começou a trabalhar profissionalmente. Em em 2013 se especializou em fotografia de recém-nascidos e há 5 anos trabalha, exclusivamente, com Gestantes e Bebês em seu estúdio em São Paulo, onde, em 2017, começou a ministrar workshops de fotografia newborn.