OS HOMENS E A FOTOGRAFIA NEWBORN

Antes de escrever este texto fiz uma rápida enquete em meu Instagram para ouvir quais os assuntos os fotógrafos de newborn gostariam de ler a respeito ou tem mais dúvidas. Muita gente enviou sugestões mas uma delas chamou a minha atenção: porquê há tão poucos homens atuando na área?

É uma pergunta dessas que chamo de “Tostines”: os homens não atuam na fotografia de bebês porque falta interesse ou por acharem que é um território essencialmente feminino?

Só para constar, antes que alguém já levante a mão, a ABFRN tem alguns homens entre seus associados de Norte a Sul do país como o talentoso Tarciso Bino, de Belém do Pará e o Eduardo Fulli, brasileiro radicado no Japão, entre outros. No mundo o primeiro nome que me vem à cabeça é o talentoso Russ Jackson que a Fhox trouxe em Nov de 2016 para o I Congresso Newborn e que realizou um excelente workshop em meu estúdio em SP. Seu trabalho é belíssimo e alia alta sensibilidade a um extremo bom gosto e simplicidade em suas produções. Russ lida com os bebês com uma delicadeza surpreendente e o posicionamento é todo feito por ele, sem assistentes. O que todos eles tem em comum? O pré-requisito necessário para ser excelentes profissionais: além de bons fotógrafos sabem manusear e lidar com o bebê com técnica, carinho e talento.

russ-jackson
Russ Jackson no estúdio de Laura Alzueta. Na foto Dani Margotto, Bruna Veratti, Simone Silvério, Adri Margotto e Laura Alzueta

Mas temos que admitir, os homens que fotografam família e newborn são poucos ainda. Será que bebês e mães em fase de amamentação são um território exclusivamente feminino? E onde ficam os pais? Muitas vezes eles tem muito mais jeito com os bebês que muitas mamães de primeira viagem. Alguns pais (e vejo isso com bastante frequência em meu dia-a-dia no estúdio) exercem seu papel com muito mais tranquilidade e serenidade do que as mamães, que as vezes estão exaustas, ansiosas e excessivamente dependentes após o parto com os hormônios à flor da pele.

fotos newborn_Laura Alzueta_000

Ora, se os homens não fossem habilidosos com os bebês não haveria por exemplo pediatras masculinos. Se eles podem ser bons pediatras e lidar com os frágeis bebês, porque com os fotógrafos haveria de ser diferente? O que dizer então dos obstetras? Seus clientes são apenas mulheres…

Gabriel_11 dias__001

Os homens são por natureza ativos e muitos se destacam em áreas da fotografia que tem ação, movimento. Esportes, moda, carros, animais, tudo isso faz parte do universo da fotografia masculina. Já na sessão newborn, ao contrário, há pouco movimento e precisamos de muita paciência. Temos que ter muita calma, persistência e um bom jogo de cintura na hora do ensaio, não apenas com os bebês mas principalmente com os pais. Sim, o relacionamento com os pais é crucial: eles precisam confiar em nós, fotógrafos. Confiar seu bem mais precioso em nossas mãos. A responsabilidade do ensaio é toda do fotógrafo e temos que estar bem preparados para lidar com bebês tão frágeis e minúsculos.

fotos newborn_Laura Alzueta_002

O fotógrafo precisa estabelecer esta conexão com a família e isso pode soar um tanto amedrontador à maioria dos homens. Mas será mesmo? Alguns homens tem tanta sensibilidade ou mais que muitas mulheres, habilidade e tato, essencial na hora de se relacionar com pessoas.

fotos newborn_Laura Alzueta_003

Uma outra parte importante do ensaio newborn é saber acalmar o bebê. E aí entra a amamentação: afinal queremos que o bebê relaxe e para isso ele deve estar bem alimentado, Amamentar é algo difícil e não tão intuitivo quanto parece. Os homens que quiserem trabalhar fotografando os bebês recém-nascidos terão que saber lidar com este aspecto das mulheres, aprender e entender um pouco de amamentação, que é fundamental para que o bebê relaxe e você consiga obter lindas imagens.

Gabriel_11 dias__003

Em quase todas as edições dos meus workshops de fotografia newborn há sempre um ou dois representantes do sexo masculino que vem de todo o Brasil. E geralmente seu perfil é parecido: já são excelentes fotógrafos e atuam na area de família ou casamentos e querem investir nesta nova área. Outros se interessam por motivos particulares como por exemplo estarem prestes a ser pais. Muitos deles são hoje fotógrafos de sucesso em suas cidades e tenho o maior orgulho disso!

Mas sim, homens ainda são a minoria no território da fotografia de bebês e recém-nascidos. Arrisco dizer que de 10 fotógrafos que fazem newborn, apenas 1 ou 2 sejam do sexo masculino. Na ABFRN são apenas 8 por enquanto. E no congresso Belly, Baby and Beyond realizado em Maio nos USA chamou a atenção da nossa amiga e diretora Carla Durante que lá estava como palestrante que havia apenas 1 representante do sexo masculino na platéia!

Provavelmente será apenas uma questão de tempo e de afinidade com o tema. Não acredito que os pais tenham receio de entregar seu bebezinho a um fotógrafo homem. Eles devem sim temer entregar seu bebê a um profissional que não está apto, que não se especializou ou tem pouca prática. Porém, se ele for bem qualificado, treinado e capacitado para a fotografia newborn, seja homem ou mulher, ele terá condições e sensibilidade para realizar um grande ensaio. Todo mundo, independente do gênero, que quiser entrar nesta área precisa se especializar, fazer alguns bons cursos presenciais (os cursos online são ótimos mas não substituem) estudar e praticar muito.

fotos newborn_Luisa_Laura Alzueta_002

Tem medo de manipular ou pegar no bebê? Não é um privilégio dos homens! Arregaçe as mangas e pratique, use uma boneca e treine. Eu mesmo sendo mãe de 3 também ficava com medo no início afinal lidar com um bebê que não é nosso, de cerca de 3kg e apenas dias de vida não é fácil. É preciso saber o que está fazendo. Para ter segurança e realizar um lindo ensaio de um bebê recém-nascido é preciso 2 coisas: técnica e prática. A técnica vem com muito estudo, de preferência muitos cursos! Eu tento fazer ao menos 2 novos cursos por ano com outros profissionais.

workshop newborn Laura Alzueta em 28.04.17

Entre os maiores fotógrafos de todos os tempos, a lista com certeza traz a maioria de homens. Então, se incluir os recém-nascidos em seu portfolio é o seu desejo, corra atrás!

 

laura-alzueta_fotos-de-bebes

Laura Alzueta é uma das pioneiras na fotografia newborn no Brasil, desde 2010 suas imagens se destacam por possuir um estilo suave, clean e orgânico.
Publicitária graduada pela ECA-USP, a fotografia faz parte de sua vida desde a adolescência quando fez um curso de fotografia na Nikon School e nunca mais parou de estudar. Especializou-se na fotografia de recém-nascidos através de dezenas de cursos com renomados fotógrafos internacionais. Desde 2012, compartilha sua técnica através de workshops para fotógrafos de todo o Brasil.
É também autora de vários cursos online sobre fotografia newborn na plataforma PhotosTV.
Palestrante da Nikon para newborn e também nos maiores congressos e eventos de fotografia da América Latina, Laura possui centenas de fotos e publicações na mídia especializada.
Uma das fundadoras da ABFRN (Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos), organização sem fins lucrativos e de caráter educacional, é atualmente diretora de comunicação.