O IMPORTANTE É REGISTRAR!

O IMPORTANTE É REGISTRAR!
Cinara Piccolo é fotógrafa newborn e referência no segmento. Nesse novo post do Blog da ABFRN, ela discorre sobre os valores cruciais da fotografia de recém-nascidos no Brasil
por Revista FHOXPublicado há 5 meses atrás | por Blog Newborn
FotoJuliaOiveira
A fotógrafa Cinara Piccolo em foto de Julia Oliveira
É um grande prazer estar aqui com vocês falando um pouco sobre esse universo que tanto amamos que é a Fotografia Newborn! Como a Carla e a Dani já falaram por aqui, a Fotografia Newborn é algo muito recente no Brasil e no mundo, mas que vem tomando proporções inimagináveis. É uma área da fotografia que veio pra ficar, e que todo mundo quer tirar uma casquinha! Mas como tudo que se torna notável, a fotografia newborn não está livre de críticas, principalmente de quem não está inserido no meio ou de quem tentou se aventurar e não conseguiu, mas que na verdade não entende muito bem como tudo funciona.

CinaraPiccolo01

Eu sou Bacharel em Fotografia Aplicada pela Faculdade Senac, entrei na faculdade no ano de 2001 e me formei em 2004. Antes de fazer fotografia, cursei engenharia, e sempre me dei muito bem com a área de exatas, o que sempre me manteve prática e objetiva.

CinaraPiccolo02

Lá na faculdade num certo semestre nós optávamos por Fotografia Aplicada, ou Fotografia Arte e Cultura, e uma parte dos meus colegas foi pra Aplicada e outra pra Arte Cultura, e sempre teve a discussão dos Arte e Cultura que não conseguiam aceitar a nomenclatura da Fotografia Aplicada ou até mesmo os da Aplicada que não conseguiam se separar do título de artista.

CinaraPiccolo07

Quando eu resolvi estudar fotografia eu tinha uma referência muito clara, eram as revistas de Arquitetura do meu pai com fotos do Nelson Kon, eu queria fazer aquilo, saber como capturar aquela luz, e conforme eu fui estudando, cada vez foi ficando mais claro pra mim que fotografia é uma técnica aplicada, e pra mim saber essa técnica e aplicar ela já é mais que o suficiente, e graças à muito estudo eu consigo fazer ela com excelência, agora ir pra área criativa de lançar tendência e inovar com essa técnica me dá uma preguiça e deixo isso pros meus amigos artistas que também fazem com excelência.

CinaraPiccolo06

Bom, como a fotografia Newborn cresceu, ela deu um boom que acabou formando uma indústria ao redor dela. Existe a indústria dos cursos, dos acessórios, das roupinhas e de tudo mais que está ai. Essa indústria não está pra surgir, ela surgiu e de uma maneira tão grandiosa que espanta muita gente que é de fora do Newborn e muitos que são de dentro também.

Mas, como falei antes, junto de tudo que se torna notável, também começam as críticas com os famosos comentários: “na fotografia newborn é tudo igual, não há arte, tudo se copia, os acessórios são os mesmos e etc.”, “porque na fotografia tem que ser feito diferente, vamos pensar fora da caixinha”. Certo, concordo que é bom ser diferente, MAS me diz, qual o problema de ser igual? Porque o ser igual incomoda tanto? Estou falando isso pros próprios fotógrafos de newborn que levam esses comentários como ofensa, quando na verdade deveriam ficar orgulhosos por fazer parte de um nicho tão bem sucedido!

CinaraPiccolo05

Eu como uma das fundadoras da ABFRN (Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos) me lembro bem quando estávamos pensando na missão, e na visão da ABFRN, e o grande objetivo era: “Ser um estilo definido e tradicional e estar como item indispensável no enxoval da gestante, assim como a fotografia de casamento”. Opa, pera aí, parece que conseguimos isso não? Ou pelo menos estamos quase lá!

Vamos analisar o que nós esperávamos com esse objetivo: Estilo e Tradicional, o que seria isso? Estilo é um conjunto de regras que definem algo e tradicional é um costume passado de geração pra geração.

Uma das principais características da fotografia Newborn são as poses. As poses são tão bem definidas que até nome elas levam: temos a pose do bumbum pra cima, a pose do sapinho, a pose do saco de batata, entre outras. Então o fato de estar tudo bem definido com regras de poses apenas mostra que a fotografia Newborn é um Estilo. E ela tem se tornado um item essencial na enxoval da gestante, sendo consumida cada vez mais por todas as classes econômicas e sociais, o que faz com que ela venha ganhando espaço para se tornar tradição.

E vamos seguindo no caminho do nosso objetivo. Cada vez mais fotógrafos fazendo um trabalho lindo, consistente e respeitando sempre o estilo, e por isso, um trabalho igual. E me pergunto mais uma vez: que mal isso tem??? Essa é a pergunta que eu não consigo achar outra resposta além de que: NENHUM!

CinaraPiccolo03

Dito isso vamos pensar no que nós somos, eu Cinara Piccolo sou fotógrafa, tenho um cliente que me contrata porque viu minhas fotos e gostou e quer algo IGUAL só que com ele. Eu Cinara Piccolo, estudei e conheço muito bem a técnica daquilo que estou vendendo e consigo fazer uma foto IGUAL para o meu cliente! Ahhhh, mas eu cansei do que eu sempre faço e não vou fazer newborn posado pro meu cliente, vou fazer lifestyle. Já pensou a confusão que eu vou ter com meu cliente quando eu vendi pra ele um produto e estou entregando outro? Então, eu Cinara Piccolo, não sou a fotógrafa artista que faz o que der na telha pro meu cliente, eu sou a fotógrafa prestadora de serviços que entrega com excelência aquele trabalho contratado! Se a mãe me contratou pra colocar o filho na caixinha, é na caixinha que eu vou fazer! Simples assim, é um contrato comercial!

A grande luta do fotógrafo desde sempre é saber que ele está vendendo um produto e que essa foto não é o que ele quer, e sim o que o cliente quer e que o cliente saia feliz porque ele recebeu exatamente o que ele comprou. Claro que o fotógrafo aplica sua inspiração, seu olhar e sua arte na composição fotográfica, mas ele está vendendo um produto, e essa arte tem que respeitar o produto que foi vendido.

CinaraPiccolo04

O mais legal é que os fotógrafos de Newborn sabem exatamente onde criar e quando fazer igual para respeitar o estilo do produto a ser vendido, e eles vem fazendo isso com louvor, o que cria um mercado bem estruturado e com muito potencial a ser explorado, com necessidades específicas prontas para serem atendidas.

O que a fotografia Newborn vem fazendo é o que todas as áreas da fotografia deveriam fazer, ao invés de ficar criticando que está tudo igual, deveriam TODOS se unir pra construir um mercado maduro, consistente, tradicional, em que os clientes consumam fotografia cada vez mais, seja nos aniversários, nos casamentos, em retratos ou o que for. O importante é registrar!

Cinara Piccolo é sócia-fundadora da ABFRN – Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nacidos.

Fonte:http://www.fhox.com.br/blogs/o-importante-e-registrar/